Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveram um aparelho capaz de diagnosticar a dengue em cerca de poucas horas. O resultado do exame convencional, feito atualmente, precisa de uma amostra de sangue e demora até dez dias para ficar pronto.

2

A nova técnica utiliza um aparelho importado que analisa a saliva ou sangue e dá o resultado em no máximo 3 horas. O dispositivo desenvolvido pela USP possui um biossensor que identifica a reação entre os anticorpos humanos e a proteína NS1, que é secretada pelo vírus da dengue e realiza um teste extremamente sensível para verificar se há o encontro desses dois elementos na amostra analisada.

O aparelho ainda está em fase de testes, mas se for comprovada sua eficiência será um método que ajudará muito no diagnóstico rápido e preciso da doença, facilitando o tratamento.

Um importante avanço para a saúde do país, já que todos os anos nessa mesma época as ocorrências da doença crescem, devido o período de altas temperaturas e com pancadas de chuvas eventuais.

Vale lembrar que para evitar a propagação dos mosquitos da dengue é preciso não deixar água parada (em vasos de planta, pneus, calhas, etc.), fazer a limpeza da sua caixa d’água e mantê-la sempre fechada.

No caso de identificar focos do mosquito recorra ao serviço de desinsetização antes do mosquito se espalhar. A Hayato desentupidora, por exemplo, oferece tanto o serviço de limpeza de caixa d’água quanto à desinsetização e funciona 24 horas por dia, pra manter sua família longe de qualquer ameaça a saúde.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Post Navigation